Postagens

Mostrando postagens de 2009

Visita de Mahmoud Ahmadinejad ao Brasil

Vendo as coisas que acontecem no nosso país, a gente fica até de cabelo em pé... Pergunto a vocês, como nosso presidente aceita receber um cara que nega o Holocausto, patrocina o terrorismo, um cara que nem sabe o significado de direitos humanos, um cara que é totalmente a favor da guerra nuclear, visto que seu programa nuclear é escondido a sete chaves??? Fora as outras tanta e tantas coisas que se pode dizer a respeito dele que não caberiam em uma única postagem!!!
Acho um absurdo o governo Lula trazer esse cara para o Brasil, mostrar que está do lado dele, recebê-lo com pompas, assinando embaixo das coisa que ele diz e faz em relação ao país dele e ao mundo. Posição delicada essa em que o Lula nos colocou.
O senhor Mahmoud Ahmadinejad chega ao Brasil aos protestos de todos nós que, ao contrário do nosso estimado presidente, pensamos, somos humanos e responsáveis pela construção de país melhor, que exemplo damos para o mundo negociando com um cara assim, no mínimo o Brasil está dizend…

Lei 10.639/03 - Pela Consciência Negra na Escola

Essa semana tivemos um Oficina aqui na Escola "Murilo Braga" sobre como trabalhar a cultura afro-brasileira em sala de aula. Buscando fugir de estereótipos e de preconceitos que vem marcados em nosso discurso, mesmo que não percebamos.
O Prof. Chiquinho no falou, por exemplo, do verbo DENEGRIR, que significa sujar, manchar, e vem da palavra negro, logo negro = sujo??? Quando repetimos essa palavra, mesmo sem perceber estamos reforçando o discurso preconceituoso e racista.
Por que quando se fala sobre a cultura e a arte do Egito não se diz que o Egito faz parte do Continente Africano? A África é trabalhada em sala de aula apenas como o lugar de onde vinham os escravos, ou através dos conflitos tribais, o que passa para o aluno afro-descendente: "olha o lugar de onde vieram os seus antepassados, o que seria de você se vivesse lá?" Deve se ter em mente que esse tipo de abordagem reforça a diminuição do descendente africano. Deve se deixar clara em sala de aula que a Áf…

Por uma política pública para reabilitaçao de dependentes químicos

Li outro dia no blog do Tico Santa Cruz ( http://bloglog.globo.com/ticosantacruz/ ) a carta do pai do dependente químico que matou a namorada, falando sobre o drama que a família dele viveu com o filho, e o drama que seu filho fez a família da namorada viver. A Carta deveria servir como um tapa na cara de nossos governantes que usurpam nosso dinheiro, e não veem o caos em que nosso país vem se transformando.
Como tenho uma filha adolescente e alunos adolescentes, vejo-me com uma responsabilidade nas costas a de conscientizar essas pessoinhas que, bem ou mal, estào em parte sobre minha responsabilidade e vi nesta carta uma possibilidade de, ao lerem, impactarem-se com essa realidade. E também abrir os olhos de meus amigos que são pais e muitas vezes incentivam seus filhos a ingerir álcool, a primeira das drogas que nossos filhos experimentam.
A carta deveria servir como alerta e como estopim de uma campanha por uma política pública de reabilitação de dependentes químicos, dependência que…

À PROCURA DA FELICIDADE

Imagem
Essa semana, assisti com meus alunos do "Murilo Braga" este filme, lindo, uma história real, comovente, que deixa você com raiva do personagem central, por ele ser egoísta demais e fazer o filho passar por tudo aquilo com ele.
Mas o filme dá uma lição de vida, como seguir atrás dos seus sonhos e não desistir nunca, mesmo que todos digam que é impossível.
Aprendam o que é impossível é o que a gente não quer, pois tudo que queremos, correndo atrás e batalhando vamos conseguir, mesmo que seja difícil.
Já dizia Renato Russo:
"Nunca deixe que lhe digam que não vale a pena acreditar no sonho que se tem, ou que seus planos nunca vão dar certo, e que você nunca vai ser alguém..."
É assim, "tem gente que machuca os outros, tem gente que não sabe amar, mas eu sei que um dia a gente aprende...". Esse filme nos faz pensar e acreditar, assistam!!!
Boa Semana a todos!!!

Férias

Em casa, mas férias!!!
Lendo Flamengo: O Vermelho e o Negro de Ruy Castro, devidamente emprestado pelo Ildo;
Terminando de ler Manuelzão e Miquilim de Guimarães Rosa;
Querendo começar a ler A Hora da Estrela de Clarice Lispector.
É assim minhas férias, além lógico de cuidar do Mateus, do Didica de joelho operado e da Mari...
Sobretudo o que vocês precisam saber é que estou muito feliz com tudo isso, em paz, amando e sendo amada...
Felicidade é tão simples, basta se deixar levar, apreciar as pequenas coisas e perceber que ela não está longe a senhora felicidade, ela está aqui perto, dentro de nós, basta querermos soltá-la...
Beijos e sejam felizes!!!