Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Reforma Íntima

Jesus, que identificava a causa das aflições humanas e
penetrava o âmago dos corações, por isto mesmo não julgava,
não condenava, não desconsiderava ninguém.
Seguindo-Lhe o exemplo e exercendo misericórdia para com o
teu próximo, quando, por tua vez, necessites de apoio, não
te faltarão o socorro da compreensão e da amizade que alguém
te dispensará.
[Joanna de Ângelis]

Uma das coisas mais difíceis de se cumprir é essa tal de reforma íntima! Tenho me esforçado bastante, mas essa semana tem sido difícil. Tenho brigado bastante com meus ímpetos de gritar, e estoura por pouca coisa, mas o mais incrível é que me controlo nos momentos mais difíceis e estouro nas coisas mas bestas, e esta terça foi assim, por quase nada, estourei gritei com meus alunos, só percebi o que tinha feito bem depois, quando ao ouvir algumas músicas, acalmei meu coração e minha alma e pude ouvir meus pensamentos.
Fiquei muito mal, mas depois de muita oração, estudo e trabalho, hoje me sinto melhor! Sei exatamente o meu erro e agora a luta é não repeti-lo dentro ou fora de casa. Aliás essa deve ser nossa luta diária, não repetir os próprios erros, aprender com eles formas novas de agir. Alguém disse um dia que 'Inteligente é quem aprende com os próprios erros, sábio é quem aprende com os erros dos outros.' Procuremos então a sapiência, sem julgar quem quer que seja, buscar sermos melhores, observando os erros dos outros, ajudando-os a superá-los e buscando cometer menos erros.
Ninguém é perfeito, ninguém será perfeito, mas nossa missão é buscar a perfeição, não querendo ser melhor ou maior do que ninguém, mas querendo ser hoje, melhor do que fomos ontem e um pouquinho pior do que seremos amanhã. 
A vida neste nosso planeta será um pouquinho melhor quando cada um de nós se preocupar um pouco mais com a própria felicidade e o próprio adiantamento do que com os erros e problemas dos outros. Percamos nossa mania de julgamentos e busquemos a comunhão de ideias e ideais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário