Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 9 de janeiro de 2011

Pensando

Coisa boa de se fazer, quando não se tem nada pra fazer é pensar na vida! Eita vida sem eira nem beira, nem ramo de figueira! Minha vida agora é cuidar de menino, internet, jogar buraco on-line (rsrsrs), ler, eita férias porreta. Mas pensar faz bem. Pensando, por exemplo como foi o ano de 2010, fazendo um balanço geral, foi bem proveitoso.

Seis meses de licença maternidade, última gravidez que me fez completar um ciclo de minha, me fez me sentir completa, sensação de dever cumprido e felicidade redobrada e recobrada. Acreditem depois da tempestade vem sempre a bonansa, fato, testado e atestado por quem vos escreve.

Em 2010, também, descobri uma verdadeira religião e a assumi como dever e missão de minha vida. Algumas pessoas tentam me dissuadir dessa ideia, mas o espiritismo me mudou por dentro e por fora, estou mais consciente de meu papel, tenho mais fé nas coisas em que acredito e vou vivendo, um dia de cada vez, fazendo sempre o meu melhor por mim e pelos outros.

Tive experiênciais novas, no ramo profissional, o que testou bastante minha paciência, e pude perceber mais um vez que sou forte. Acreditem, não foi fácil, mas enfrentei e superei... Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe... como diria Renato Teixeira.

Digo a vocês, acreditem no que quer que queiram realizar, só não se realizará se nãor for o que você quer de fato. Quando queremos muito algo, buscamos por onde consegui-lo. Fato. Pode ser difícil o quanto for, mas nada é impossível, enquanto acreditamos que podemos conseguir.

Sei que às vezes falo demais,meus alunos, coitados, que o digam, mas procuro sempre dar o exemplo do que vivi, para que as pessoas aprendam algo a mais. Se isso é falar demais, desculpem-me, mas continuarei falando.

Sei que aprendemos muito mais com erros e acertos do que com o que os outros falam, mas as experiências dos outros servem pelo menos para que percebamos quando estamos repetindo o erro do qual já ouvimos falar.

Sempre é tempo de voltar atras, de fazer tudo de novo e diferente, de perdoar, de pedir perdão, de reconhecer que estávamos errados, de sermos humildes, enfim. E quando conseguimos isso, percebemos que estamos crescendo e amadurecendo.

E é isso que espero para todos nós neste ano que se inicia, que possamos ser mais humildes e caridosos com os outros e com nós mesmos. Respeitar as diferenças e nos reconhecermos imperfeitos e suscetíveis ao erro, mas capazer de perdoar e de pedir perdão. Essa é a essência da felicidade, paz no coração.

FORA DA CARIDADE, NÃO HÁ SALVAÇÃO!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário